/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Cinque Terre cogitam implementar taxa contra turistas

Conjunto de vilas recebeu 4 milhões de visitantes em 2023

GENOVA, 15 de maio de 2024, 11:40

Redação ANSA

ANSACheck

A ideia foi levantada por uma associação comercial italiana - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

O charmoso e icônico conjunto de vilas de Cinque Terre, na região da Ligúria, não descartou a possibilidade de introduzir futuramente uma taxa de ingresso de turistas na área.
    A ideia foi levantada por uma associação comercial italiana que deseja combater o turismo predatório no local e minimizar a insatisfação dos moradores com o excesso de visitantes.
    "O modelo de Veneza, com uma taxa de entrada para quem fica apenas um dia, poderia representar uma proposta válida. Esta área é um bem precioso", disse Massimo Giacchetta, presidente da CNA da região da Ligúria.
    No início de abril, Cinque Terre já haviam colocado em prática uma série de novas medidas para evitar aglomerações nas rotas do parque arqueológico nos dias "mais intensos" de afluência turística.
    Um estudo organizado na Ligúria revelou que o conjunto de vilas recebeu ao menos quatro milhões de turistas ao longo de 2023.
    A medida já foi testada por Veneza, joia turística da Itália, que recebeu a contribuição de cinco euros para viajantes adeptos do "bate e volta" entrarem no centro histórico do município.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use